terça-feira, 10 de novembro de 2015

Professora protesta contra Ministério Público

De órgão cuja função é defender o cidadão e a sociedade contra os abusos e omissões do Estado, o Ministério Público caminha para ser um "braço auxiliar de governo".


Esta noite eu perdi o sono ao ler a notícia que o  MPDFT vai exigir que os pontos dos Professores grevistas sejam cortados. Aí, eu senti uma vontade louca de dizer: "Muito prazer em conhecer você!!! Esperei durante toda a minha vida que você " Ministério Público " viesse a meu encontro... Eu nasci aqui e vi inúmeras atrocidades acontecerem e você? O que fez? Eu respondo, você não fez NADA!!!! Agora eu cruzei os braços sim, mas você acha que eu gostei  disto? Não, eu não gostei!!! Não gostei de parar os meus projetos, não gostei de guardar a revisão do ENEM que tinha elaborado para os meus alunos!!!! Não fui às ruas pedir aumento de salário, sai às ruas para que  a minha dignidade fosse devolvida, mas você não obrigou o governo a devolver o meu dinheiro!!! Sim, devolver porque eu lutei por ele. Você deveriater obrigado o Rollemberg a me pagar o aumento que ele mesmo, enquanto senador, subiu no carro de som e me ajudou a conquistar!!! Que ironia!!!!


Parabéns Ministério Público, parabéns por nunca na minha vida ter me ajudado, parabéns porque todas as vezes que precisei de você os seus braços estavam cruzados assim como os meus agora... Vi grileiros venderem o patrimônio público e enriquecerem, vi idosos sendo abandonados por suas famílias e morrerem à míngua, vi crianças sendo abusadas de forma covarde, vi mulheres sendo mortas por serem o " sexo frágil ", vi jovens negros sendo presos e apanharem só porque eram negros, vi polícia corrupta sendo subornada, vi governantes comprarem fazendas às custas do dinheiro do contribuinte, vi famílias passando fome enquanto banquetes eram servidos para os que " governam" este país. E, como professora, meu Deus!!!! Como eu quis a sua ajuda. Era você e não eu que deveria entrar na frente daquele meu aluno e dizer para o bandido armado que ele não ia "acertar as contas". Era você que deveria me proteger do constrangimento de preparar uma aula de conjugação verbal sobre o AMOR e ouvir de um aluno de 1,90 que ele queria era GOZAR, literalmente.Era você que deveria ter visitado e vistoriado as escolas em que trabalhei, você é que deveria ter abraçado as minhas alunas que foram abusadas pelos seus vizinhos, irmãos, pais... Você deveria ter dito aos meus alunos homossexuais que eles tinham valor... Era você que deveria fazer vaquinhas, rifas, bazares para comprar tênis para os alunos carentes, para pintar a escola, para comprar parquinho de escola " pública". Você deveria ter dito a todos os alunos negros, pobres, gordos e também àqueles que se sentiam feios que eles eram igualmente lindos e importantes...                                     
Poderia passar o resto da Minha vida escrevendo coisas que você deveria ter feito e não fez... Agora você vem de encontro a mim dizer que não devo receber os dias parados? Não deveria mesmo receber e, nem tampouco, repor os dias parados porque o DETRAN não volta nos dias parados para multar os infratores, os policiais quando paralisam suas atividades não voltam ao tempo para impedir as pessoas de serem roubadas ou mortas, mas, eu preciso perder as minhas férias para repor os dias parados...


Pode continuar fingindo que não vê tudo que está acontecendo, continua aí ignorando o fato de que policiais estão batendo em professores de forma covarde, continua aí vendo o governador roubar o meu dinheiro, continua aí vendo jornalistas comprados fazendo propaganda para colocar a população contra os professores, continua aí de braços cruzados assim como eu estou... Porque eu vou voltar e continuar a minha caminhada fazendo o meu trabalho da melhor forma possível e fazendo o seu também. Acorda Ministério Público, ainda dá tempo de punir os verdadeiros culpados, de prender os verdadeiros ladrões, de ajudar o pobre que está morrendo nas filas dos hospitais, de fazer com que quem roubou devolva! Ainda há tempo de ressarcir o valor devido, não a mim, mas à sociedade!!!! Acorda MPDFT!!!! Ainda há tempo!!!!
Texto da nossa colega Marta Marra.



Fonte: WhatApp do Fórum Ceilândia Viva
Postar um comentário