terça-feira, 19 de abril de 2016

NEM CUSPIR NEM APOLOGIA À TORTURA

ESFÉRICO
Se o homem enxerga o horizonte
a partir de uma linha
traçada
da ponta do seu nariz
jamais enxergará a democracia

Se o homem enxerga o horizonte
ciente de que tudo
o que vê
com ele caminha
a democracia andará com ele

Se o homem enxerga o horizonte
Ciente de que tudo o que vê
e o que não vê
com ele caminha
nada se distinguirá
entre ele e a democracia
entre a democracia e o horizonte.

(poema inédito do livro Confissões Vermelhas, de Chico Morbeck)

Outros poemas AQUI
Postar um comentário